Atleta da paracanoagem de Londrina é campeão sul-americano - TV Tudo
Início » Atleta da paracanoagem de Londrina é campeão sul-americano

Atleta da paracanoagem de Londrina é campeão sul-americano

por TV Tudo

O paratleta Igor Tofalini sagrou-se campeão sul-americano de paracanoagem, na categoria VL2 200m, em competição realizada na cidade de Montevidéu, no Uruguai, nos dias 16 a 19 de dezembro. O brasileiro ficou em primeiro, seguido por paratleta da Argentina, e do Chile em terceiro. A medalha de ouro é mais uma conquista no hall de Tofalini, que é tetracampeão brasileiro, tetracampeão estadual, bicampeão sul-americano, campeão pan-americano e mundial.

O paracanoísta, que treina com o professor Gelson Moreira no Iate Clube de Londrina, integra a equipe que recebe incentivo da Prefeitura por meio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE), da Fundação de Esportes de Londrina (FEL). Só tenho a agradecer à Fundação de Esporte pelo incentivo, pelo apoio prestado à nossa equipe e ao esporte da nossa cidade. A FEL tem nos ajudado muito”, afirmou.

O atleta também participou dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Este ano, ficou fora dos jogos de Tóquio ao pegar o segundo lugar na seletiva para a competição, mas já visa participar das próximas Olimpíadas, em Paris. “Isso para mim foi muito triste. Mas hoje estou focado nos meus objetivos, quero muito fazer uma preparação para poder estar em Paris, em 2024, e conquistar a tão sonhada medalha paralímpica. Acho que é a única medalha que está faltando para mim e, se Deus quiser, vou conquistá-la”, declarou.

A paracanoagem nem sempre foi o esporte de Tofalini que, a princípio, era atleta de montagem em touros. Porém, em 2011, sofreu um acidente em um rodeio na cidade de Guaraçu, e a fratura na coluna o deixou paraplégico. “Comecei a ter curiosidade de conhecer alguns esportes adaptados. Cheguei até a nadar com um grupo de atletas daqui, mas quando conheci a paracanoagem, foi amor à primeira vista. Gostei muito do esporte e me dediquei bastante. Começamos a fazer o trabalho em 2013. De lá para cá passei por muita luta, mas com muita determinação, muito empenho e, graças a Deus, venho conquistando vários títulos importantes”, contou.

Curiosamente, o atleta não teve vida fácil durante a competição. Não por conta dos adversários, mas devido a alguns imprevistos na viagem. “A companhia de viagens, por algum motivo, não enviou as minhas malas no mesmo voo em que eu estava. Cheguei em Montevidéu sem a minha bagagem nem meus equipamentos, mas contei com o apoio da comissão técnica que estava lá, com atletas que me ajudaram com os equipamentos e consegui me sagrar campeão sul-americano pela segunda vez”, explicou Tofalini.

O presidente da FEL, Marcelo Oguido, elogiou o desempenho do atleta. “O Igor é um dos grandes destaques da cidade de Londrina, um paradesportista sensacional. Campeão do mundo, sul-amercano e brasileiro. No trabalho desenvolvido no Iate Clube, pelo professor Gelson Moreira, temos vários atletas que se destacam na paracanoagem. Aqui em Londrina, a cada ano, a modalidade tem crescido cada vez mais, pois é um trabalho desenvolvido com uma maestria sensacional e que leva o nome da cidade no topo mais alto do paradesporto mundial. Então, é imensa a alegria da Prefeitura em investir nesses grandes atletas que se destacam e repercutem a cidade para o mundo inteiro”, comemorou Oguido.

Relacionado