Dezembro Laranja: Início do verão reforça necessidade de cuidados para evitar o câncer de pele - TV Tudo
Início » Dezembro Laranja: Início do verão reforça necessidade de cuidados para evitar o câncer de pele

Dezembro Laranja: Início do verão reforça necessidade de cuidados para evitar o câncer de pele

por TV Tudo

Com a chegada da estação mais quente do ano, os cuidados com as doenças de pele devem ser redobrados. O verão começou oficialmente no dia 21 de dezembro e, por isso, a Sociedade Brasileira de Dermatologia lançou a campanha de prevenção contra o câncer pele, Dezembro Laranja. O objetivo é alertar sobre os perigos e os métodos de prevenção da doença, que é o câncer mais diagnosticado no mundo. No Brasil são registrados mais de 185 mil casos por ano, sendo o responsável por 30% dos tumores malignos no país.

A médica dermatologista da Policlínica Municipal de Cambé, Patrícia Berg, explica que a pele é o maior órgão do corpo humano e justamente nela ocorre o câncer mais comum de todos, que é o câncer de pele. “A vantagem disto é que a pele está exposta, então a prevenção e o diagnóstico são os mais fáceis de todos”, detalha. Segundo a especialista, se diagnosticado bem no início, ele é o câncer com maior índice de cura: 90% dos casos podem ser curados. Por isso, é necessário se autoexaminar. Lesões assimétricas, com bordas irregulares, variação de cor e com alteração de tamanho devem ser analisadas por um médico. “Também é importante estar atento à evolução das feridas, como por exemplo, se há sangramento ou coceira”, completa Berg.

Para prevenção do câncer de pele é recomendado evitar a exposição ao sol nos horários nos quais os raios solares estão mais intensos, ou seja, entre as 10h e 16h. Também se deve usar filtro solar com proteção solar de no mínimo 30 FPS, aplicado corretamente, ou seja, em camada grossa e com frequência. Mesmo protetores a prova d´água devem ser reaplicados. E até em dias nublados o protetor é necessário. “Para crianças, além do uso do filtro solar, é recomendado utilizar roupas de proteção solar”, reforça a médica dermatologista.

Se você apresentar algum destes sintomas, procure a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima a sua residência.

Relacionado