Sema inicia distribuição de 54,7 toneladas de ração para protetores de cães - Londrina - TV Tudo
Início » Sema inicia distribuição de 54,7 toneladas de ração para protetores de cães – Londrina

Sema inicia distribuição de 54,7 toneladas de ração para protetores de cães – Londrina

por TV Tudo

Com o objetivo de auxiliar protetores independentes, organizações não-governamentais (ONGs) e famílias em situação de vulnerabilidade que cuidam de animais, a Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) inicia, na próxima terça-feira (11), a distribuição de 54,7 toneladas de ração para cães.

A ação contemplará os beneficiários cadastrados junto ao Banco de Ração, que serão avisados previamente pela Diretoria de Bem-Estar Animal (DBEA), através da conta oficial de WhatsApp da Sema. As distribuições serão feitas de forma recorrente, todas as terças e quintas-feiras, das 12h às 18h, até o fim de 2022. Para coletar a ração, os cidadãos deverão ir até o estacionamento do Parque Arthur Thomas (R. da Natureza, no 155).

A diretora de Bem-Estar Animal, Graziella Damante, frisou que só poderão coletar a ração os cidadãos que forem contatados diretamente pela equipe do órgão. “Nosso objetivo é distribuir cerca de 220 sacos de ração em janeiro, atendendo 20 beneficiários em cada dia de distribuição, e esperamos manter essa média nos demais meses do ano. Toda pessoa atendida levará no mínimo um pacote de 25 kg, e os veterinários da nossa equipe vão analisar cada caso individualmente, para averiguar se uma quantia maior é necessária, dependendo do número de animais e do peso dos cães”, disse.

Ainda segundo Damante, a entrega será realizada primeiro para as famílias protetoras de animais que ainda não foram contempladas com a distribuição de ração, e nos meses seguintes abrangerá os segmentos dos demais públicos que também se enquadram nesse critério.

Ao todo, a Sema investiu R$ 277.823,75 na última aquisição de ração para cães, através de licitação finalizada em dezembro. Posteriormente, a pasta fará também a distribuição de ração para gatos, sendo que o processo de compra desse item ainda se encontra em trâmite.

Cadastro – Atualmente, 412 famílias em situação de vulnerabilidade estão cadastradas junto ao Banco de Ração, assim como 308 protetores independentes e duas ONGs. Periodicamente, a Sema realiza o recadastramento e atualização dos dados de todos os beneficiários, com o objetivo de averiguar possíveis mudanças em informações como telefones, endereços e quantidade de animais mantidos.

Para participar do programa Banco de Ração, é necessário preencher os formulários disponíveis na página da iniciativa, no Portal da Prefeitura (clique aqui). Após receber os cadastros dos beneficiários, as equipes da DBEA visitam os protetores, para conferir o número de animais atendidos e as condições em que se encontram. Em relação às famílias em situação de vulnerabilidade social, os técnicos do órgão verificam os seus Números de Identificação Social (NIS), para confirmar que estão inscritas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS).

Relacionado